Imagem Viviane lamenta fechamento da maternidade da Santa Casa

Viviane lamenta fechamento da maternidade da Santa Casa

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaPTViviane Sampaio

20/12/2019 10:40:00


Na sessão desta sexta-feira (20), a vereadora Viviane Sampaio (PT), Líder da Bancada de Oposição, parabenizou os agentes patrimoniais pela aprovação do projeto da Guarda Municipal. De acordo com a parlamentar, a vitória é da categoria. Ela afirmou que “a Bancada de Oposição vai continuar acompanhando toda a implantação da Guarda Municipal”, além de atos normativos que ainda serão criados como o estatuto da guarda.

Fechamento – Lamentou o fechamento da maternidade da Santa Casa, uma instituição centenária. Segundo Viviane, a Secretaria de Saúde respondeu de forma simples aos questionamentos da Comissão de Saúde da Câmara sobre o fechamento da maternidade. De acordo com a pasta, a maternidade não fez o credenciamento público, não teria interesse em ofertar o serviço de obstetrícia e apenas 194 eram feitos por mês. 

A vereadora explicou que a maternidade da Santa Casa fazia parte da rede de unidades de apoio para partos normal e de médio e alto risco na região Sudoeste e norte de Minas Gerais, enquanto o Esaú Matos é referência em partos de alto risco; agora, apenas o Unimec, um hospital privado, prestará serviço de obstetrícia, e a “única maternidade que será pública servindo de referência para toda a região Vitória da Conquista será o Esaú Matos”. A edil avalia que poderá ocorrer uma sobrecarga no Esaú. Ela conclamou um debate mais sério sobre a situação, sobretudo para combater problemas como um possível aumento no índice da mortalidade materna e neonatal. 

Imprensa cumpre papel importante – Viviane parabenizou o trabalho da imprensa conquistense. Ela falou que muitas vezes os vereadores ficam sabendo de problemas pelos sites e blogues de notícias. A parlamentar falou que o prefeito trabalha loteando a cidade, atuando onde pode beneficiar aliados em detrimento da maioria da população. “Tem faltado sim merenda escolar, como faltou pão, faltou gás, faltou carne. E isso foi comprovado devidamente. E muitas vezes a própria prefeitura emite nota explicativa para a imprensa”, disse. 
os agentes patrimoniais pela aprovação do projeto da Guarda Municipal. De acordo com a parlamentar, a vitória é da categoria. Ela afirmou que “a Bancada de Oposição vai continuar acompanhando toda a implantação da Guarda Municipal”, além de atos normativos que ainda serão criados como o estatuto da guarda.

Fechamento – Lamentou o fechamento da maternidade da Santa Casa, uma instituição centenária. Segundo Viviane, a Secretaria de Saúde respondeu de forma simples aos questionamentos da Comissão de Saúde da Câmara sobre o fechamento da maternidade. De acordo com a pasta, a maternidade não fez o credenciamento público, não teria interesse em ofertar o serviço de obstetrícia e apenas 194 eram feitos por mês. 

A vereadora explicou que a maternidade da Santa Casa fazia parte da rede de unidades de apoio para partos normal e de médio e alto risco na região Sudoeste e norte de Minas Gerais, enquanto o Esaú Matos é referência em partos de alto risco; agora, apenas o Unimec, um hospital privado, prestará serviço de obstetrícia, e a “única maternidade que será pública servindo de referência para toda a região Vitória da Conquista será o Esaú Matos”. A edil avalia que poderá ocorrer uma sobrecarga no Esaú. Ela conclamou um debate mais sério sobre a situação, sobretudo para combater problemas como um possível aumento no índice da mortalidade materna e neonatal. 

Imprensa cumpre papel importante – Viviane parabenizou o trabalho da imprensa conquistense. Ela falou que muitas vezes os vereadores ficam sabendo de problemas pelos sites e blogues de notícias. A parlamentar falou que o prefeito trabalha loteando a cidade, atuando onde pode beneficiar aliados em detrimento da maioria da população. “Tem faltado sim merenda escolar, como faltou pão, faltou gás, faltou carne. E isso foi comprovado devidamente. E muitas vezes a própria prefeitura emite nota explicativa para a imprensa”, disse. 

Ela ainda apontou que apesar de o orçamento municipal ter aumentado nos últimos anos, a gestão não deu nenhum reajuste aos servidores em 2019, “porque dizia que não tinha recursos. Mas esses recursos estão indo para as assessorias, consultorias dos aliados e amigos do prefeito”, falou.   

 



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Fevereiro 2020
7

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29