Imagem Dia do idoso é comemorado na Câmara Municipal de Vitória da Conquista

Dia do idoso é comemorado na Câmara Municipal de Vitória da Conquista

Câmara de Vitória da ConquistaVereadoresSessão EspecialNotícia

04/10/2019 10:56:00


Na manhã desta sexta-feira, 04, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista comemorou o Dia do Idoso, sessão especial proposta pela vereadora Lúcia Rocha (DEM). A sessão foi aberta com apresentação do coral do Centro de Convivência do Idoso.

Presidindo a sessão, a vereadora Nildma Ribeiro (PCdoB) lembrou que os idosos são assediados quase que diariamente com ofertas de crédito consignado. “Criminosos e até familiares contratando empréstimos em nome dos aposentados”. Ela relatou ainda que “apenas 7% das pessoas acima dos 50 anos de idade são capazes de interpretar textos e resolver problemas que exigem maior planejamento, como cálculos de porcentagem e proporções, por exemplo”. A vereadora destacou os  órgãos de defesa do idoso: “Disque 100, para direitos humanos; Centro de Referência de Assistência Social (CRAS); Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS); Conselho Municipal do Idoso; Conselho Estadual do Idoso; Conselho Nacional do Idoso; Procon; Juizado de Relações do Consumo”.

O dia do idoso deveria ser comemorado todos os dias - A vereadora Lúcia Rocha (DEM), proponente da sessão, iniciou lembrando que em 1º de outubro é comemorado o Dia do Idoso, “entretanto, dúvidas não me restam que o Dia do Idoso deveria ser comemorado todos os dias através do nosso zelo, cuidado e proteção aos nossos idosos”. Contou que o envelhecimento é um fenômeno mundial que avança em ritmo acelerado. “A arte do envelhecimento acumula experiência e sabedoria que contribui para a construção histórica da vida em sociedade, além de colaborar na formação das novas gerações conquistenses”, contou, completando que “é necessário preparar uma legislação para que os idosos possam ter uma vida mais digna”. Finalizou parabenizando todos os idosos conquistenses.

Preocupação com a qualidade de vida dos idosos - A vereadora Viviane Sampaio (PT), presidente da Comissão de Assistência Social, destacou a necessidade de implementação de políticas públicas que garantam à pessoa idosa uma vida digna. O aumento do número de idosos, apontou ela, demonstra a preocupação com a oferta de melhor qualidade de vida a essa parcela da população. “Nós temos uma população de quase 15% de idosos em nosso país”, disse Sampaio, destacando que o Brasil é o país que mais aumenta a população de idosos no mundo.

Idoso goza de todos os direitos fundamentais - Mickaella Oliveira França representou a secretária de Desenvolvimento Social, Irma Lemos. A coordenadora de Proteção Social Básica afirmou que a secretaria executa ações para proporcionar aos idosos um envelhecimento saudável. Ela evocou os artigos dois e três do Estatuto do Idoso para chamar a atenção para os direitos desse segmento. O artigo dois estabelece que o “idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana”, e que é assegurado a ele “todas as oportunidades e facilidades, para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade”.

Já o artigo três dispõe que “é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária”.

Que todos cheguem à terceira idade com vitalidade - O vereador Álvaro Pithon (DEM) parabenizou todas as mulheres presentes na mesa, em especial a vereadora Lúcia Rocha, pela iniciativa da sessão e lembrou que a Casa do Povo tem quatro idosos: ‘Eu, o vereador Hermínio, o vereador Bibia e a vereadora Lúcia”. Disse que é importante que todos cheguem à terceira idade com vitalidade. “Aqui só tem jovens. Cada dia estou mais jovem. Com 80 anos e graças a Deus, com muita juventude e dedicação ao meu trabalho e a minha comunidade”, finalizou.

“A vida é maravilhosa” - A maestrina do Centro de Convivência do Idoso, Norma Eliete, destacou que, como diz a música de Roberto Carlos, é preciso aprender a viver. “Não existem dificuldades para aprender a viver. É preciso saber viver. Que todos aqui procurem ter um momento de reflexão e pensar se está vivendo bem. Sorria para vocês antes de sair, a vida é maravilhosa”, disse ela. “Sinta-se bonito, sinta-se feliz, goste de vocês. É assim que eu ensino ao meu grupo”, contou a maestrina.

“Que nenhuma lei seja ignorada e que as legislações de proteção aos idosos sejam ampliadas” - Representando a Bancada de Oposição, o vereador Valdemir Dias (PT) deixou seu abraço e reconhecimento aos idosos e pediu que a Casa lute de maneira efetiva pelos direitos deles. O parlamentar pediu que nenhuma lei seja ignorada e que as legislações de proteção aos idosos sejam ampliadas. Valdemir deixou uma reflexão: “Quantos não puderam chegar a essa idade? Quantos jovens são ceifados da nossa sociedade?” E por fim, afirmou que a Casa precisa se empenhar por políticas públicas para a população idosa e lutar por uma sociedade mais justa e fraterna para que os jovens cheguem à longevidade.

“Estatuto do idoso não é favor, é reconhecimento aos direitos desse segmento” - O vereador Luís Carlos Dudé (PTB) destacou o projeto de lei de sua autoria que criou o Dia Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, a ser comemorado em 14 de julho. Para ele, trata-se de uma grande conquista para a população idosa. O edil saudou o colega Álvaro Pithon (DEM), vereador mais velho da Casa. Dudé ainda destacou o estatuto do Idoso, legislação federal, afirmando que não se trata de um favor, mas o reconhecimento aos direitos desse segmento.


 

 



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2019
11

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30