Imagem Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom

Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom

Câmara de Vitória da ConquistaAudiência PúblicaNotíciaValdemir Dias

29/08/2019 23:40:00


Na noite desta quinta-feira, 29, a Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizou uma audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom, comemorado no dia 20 de agosto.

Proponente da audiência, o vereador Valdemir Dias (PT) ressaltou a sua felicidade em receber seus irmãos maçons na Casa. “Esse é o terceiro ano em que eu, um maçom vereador, com muita honra mais uma vez os recebo aqui na Casa do Povo. Quão bom é esse trabalho que a maçonaria tem feito em nossa cidade. Nada mais justo do que comemorar todo esse trabalho de aperfeiçoamento interno de cada um, bem como as ações concretas que a maçonaria tem feito ao longo dos anos em nossa cidade”, disse o parlamentar.

A maçonaria contribui para a sociedade – O Venerável Mestre da Loja Maçônica Razão e Força, Arlen Lima da Silva, ressaltou que a maçonaria conta com membros de todos os segmentos da sociedade conquistense e, dessa forma, consegue abraçar causas importantes da cidade. Arlen afirmou que o seu homenageado, José Alberto de Oliveira, é uma referência para a maçonaria e desejou que haja mais homens iniciados na maçonaria para ajudar no progresso de Vitória da Conquista.

A maçonaria deve construir uma sociedade melhor – O Venerável Mestre da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, Edilson Pereira Souza, conclamou a todos os maçons para honrar o papel de contribuir para que a cidade seja melhor e colocou a maçonaria à disposição da Câmara para que possa ser construída uma sociedade bem melhor.

Vitória da Conquista é o oriente que mais cresce na Bahia – O delegado litúrgico do rito brasileiro, Joselito Ferreira Soares, ressaltou que nos últimos 15 anos, a maçonaria conquistense teve um crescimento e foi o oriente que mais evoluiu no estado da Bahia, saltando de cinco para catorze lojas maçônicas, e com a prática de quase todos os ritos. “Vitória da Conquista está se transformando no maior oriente maçônico do estado da Bahia, graças ao esforço de muitos irmãos”, finalizou.

Representante do grão-mestre Luciano Sepúlveda, o assessor especial, Adelmário Lima, saudou a toda a comunidade maçônica de Vitória da Conquista e agradeceu, em nome de Luciano, pela oportunidade.

Os maçons prestam serviços para o crescimento de Conquista – O delegado da 7ª região, Tony Gleyson de Oliveira Silva, agradeceu pela homenagem ao Dia do Maçom e disse que representa a maçonaria como um todo. Ele afirmou se sentir honrado de receber essas felicitações já que serviços valorosos que engrandecem a cidade são prestados pela maçonaria.

A sociedade deve ser o templo maior dos maçons – O 2º grande vigilante, Harrisson Ridale Neves, disse que se sente honrado por ter um irmão maçom à frente da cerimônia, o vereador Valdemir Dias, e afirmou que os membros da maçonaria precisam ser construtores de templos físicos, sendo a sociedade conquistense o templo maior. “Cresçamos como homens, como cidadãos e como maçons”, finalizou.

Devemos cuidar do amanhã – O Grão-Mestre Arlindo Alves Pereira Neto agradeceu ao vereador Valdemir por promover essa audiência. Ressaltou que o Dia do Maçom, comemorado em 20 de agosto, acontece por conta de uma reunião em uma loja, no Rio de Janeiro, onde foi decidido como seria feita a independência do Brasil e ressaltou que não há como negar a influência da maçonaria na independência. Arlindo salientou que as pessoas devem se atentar para cuidar dos recursos naturais, em especial, da Amazônia, onde todos os brasileiros são responsáveis e questionou: “Qual futuro deixaremos a nossos filhos e netos?”.

Homenagem a quem busca melhorar o mundo - Membro do Clube das Abelhinhas Colmeia Lírios de Mel, Ana Catarina Nascimento, ressaltou a sua felicidade em homenagear homens que têm como objetivo melhorar o mundo. “Me sinto muito feliz de estar homenageando os maçons que são pessoas que querem melhorar o mundo”, disse ela.

A maçonaria aproxima o homem de Deus - Esposa de um maçom, Maria José Aguiar, tratada pelos membros da maçonaria como “cunhada”, por ser esposa de um “irmão”, destacou que a maçonaria aproxima seus membros de Deus. “A maçonaria prepara o homem para encontrar a si próprio para que ele seja realmente preparado, aproximando-o de Deus, o nosso Grande Arquiteto do Universo”, disse ela. “É necessário que o homem passe a conhecer a si próprio, para entender melhor o que está acontecendo no mundo, para que possa dizer que está na caminhada e dizer que é um bom maçom”, finalizou.


 

 



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Setembro 2019
9

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30