Imagem Comissão de Direitos Humanos da Câmara se reúne com delegada da mulher para apoiar vítimas de assédio

Comissão de Direitos Humanos da Câmara se reúne com delegada da mulher para apoiar vítimas de assédio

Câmara de Vitória da ConquistaViviane SampaioNildma Ribeiro

23/05/2019 17:10:00


No início desta semana, as vereadoras Viviane Sampaio (PT) e Nildma Ribeiro (PCdoB), respectivamente, presidente e relatora da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Defesa da Mulher, reuniram-se com a delegada Decimária Cardoso Gonçalves, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, para levar o apoio da Câmara Municipal às vítimas de assédio sexual do caso envolvendo o ginecologista Orcione Jr. 

Segundo a vereadora Viviane Sampaio, o objetivo principal da Comissão é acompanhar as oitivas das testemunhas e todo o processo de apuração, por entender que na entrevista coletiva concedida pela advogada do médico, Palova Amisses Parreiras, teria havido uma tentativa de intimidação às vítimas. “A advogada está tentando reverter a situação, colocar o abusador como vítima e transformar as vítimas em rés, por isso emitimos uma nota logo após a coletiva, como forma de dar apoio e incentivar outras vítimas a denunciar”, disse, acrescentando que a Comissão foi muito bem recebida pela delegada Decimária Cardoso. “Ela está trabalhando intensamente nesse caso, quase como uma força-tarefa para ouvir todas as vítimas e testemunhas de forma célere”, afirmou.

A presidente da Comissão reforçou ainda a importância de reativação engajamento da rede de proteção à mulher e de todos os movimentos de mulheres do município nesta luta contra o abuso sexual e de apoio às vítimas nesse momento considerado crucial para que outras mulheres tenham coragem de denunciar. 

Para a vereadora Nildma Ribeiro, a defesa do ginecologista revitimizou as vítimas mais uma vez, expondo situações éticas, “e o que a gente pretende enquanto Comissão e integrantes da rede de defesa da mulher é mudar isso, dar respaldo a ação das vítimas para que elas se sintam apoiadas e encorajadas a denunciar”, disse, aproveitando para parabenizar a delegada Decimária Cardoso pela dedicação ao caso, e à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que se prontificou a dar todo o apoio às vítimas. 

“Nós esperamos que esse caso não fique impune, não podemos aceitar que entre para as estatísticas de violência contra a mulher sem punição ao autor, por isso já acionamos a Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres do Estado da Bahia, que também estará acompanhando o caso, e esperamos que outras mulheres possam denunciar para garantir que a justiça seja feita”, salientou. 


OUVIDORIA – Outra medida apontada pela vereadora Nildma Ribeiro é a criação, na Câmara Municipal, de uma Ouvidoria em Defesa da Mulher, para que as denúncias de agressões possam ser levadas ao Órgão. “É uma ação do nosso mandato para a qual esperamos contar com apoio da colegas vereadoras Viviane Sampaio e Lúcia Rocha, pois é necessário que reforcemos o apoio à mulher, pois a cada dia observamos o crescimento dos crimes contra o gênero feminino, crimes de feminicídio, de assédio, enfim, uma série de violências contra a mulher que não mais se justificam, precisamos dar as mãos e lutar contra isso”, concluiu. 

Além das vereadoras Viviane Sampaio e Nildma Ribeiro, e da delegada Decimária Cardoso, participaram da reunião a presidente do Conselho Municipal da Mulher, Arlene Santos Ribeiro, e as advogadas das vítimas, Andressa Gusmão e Betânia. A vereadora Lúcia Rocha, relatora da Comissão, não participou da reunião.



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Abril 2020
11

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30