Imagem Câmara promove Sessão Especial da campanha Novembro Azul

Câmara promove Sessão Especial da campanha Novembro Azul

Câmara de Vitória da ConquistaSessão EspecialNotíciaLuciano GomesDr Augusto Cândido

19/11/2021 11:00:00


A Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista realizou nesta sexta-feira (19), uma Sessão Especial para promover a campanha Novembro Azul, que tem o objetivo de divulgar a importância da prevenção do câncer de próstata e de outras doenças que acometem a população masculina. O debate é uma iniciativa do mandato do vereador Luciano Gomes (PCdoB) e reuniu oncologistas, Secretaria Municipal de Saúde e vereadores.

Em busca de consciência coletiva sobre o câncer de próstata - O vereador Luciano Gomes (PCdoB) destacou o engajamento do Poder Legislativo em várias campanhas de conscientização sobre a prevenção e os cuidados com a saúde. Ele agradeceu aos convidados que compareceram para debater as questões relacionadas ao Movimento Novembro Azul e ressaltou a necessidade de se desenvolver uma consciência coletiva sobre o câncer de próstata e a quebra de vários tabus que giram em torno desse tema. “Essa sessão tem o desafio de evidenciar a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata”, afirmou. O parlamentar lembrou ainda que este tipo de câncer é o segundo mais comum entre os homens no Brasil. “A doença é silenciosa e quando apresenta algum sintoma pode ser tarde demais. É preciso mudar o comportamento dos homens conscientizando-os sobre a importância da prevenção”, enfatizou.

Diagnóstico precoce é a grande arma – O urologista Thiago Nova destacou a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. “O diagnóstico precoce é a grande arma que a gente tem para a curar essa doença tão frequente, que mata tanto e que, através de um exame simples, a gente tem a possibilidade de detectar precocemente e, com isso, oferecer um tratamento com boas chances de cura”, explicou.

Nova esclareceu que o exame de toque, ainda alvo de grande preconceito, o que provoca uma alta taxa de diagnóstico tardio do problema, é rápido e indolor. “O toque retal é uma vantagem que a próstata nos proporciona pela possibilidade do exame físico”, detalhou.

A prevenção está no estilo de vida saudável - O vereador Augusto Cândido (PSDB) falou das diferenças de exame e dos sintomas da doença de próstata e frisou que “o melhor exame é tocar a próstata”, além de exames de sangue e outros procedimentos. Ele frisou que apesar de o câncer de próstata ser o mais frequente entre os homens, o câncer de intestino é o mais mortal entre homens e mulheres.

Segundo Cândido, manter um estilo de vida saudável, com boa alimentação e prática de atividades físicas, é fundamental para diminuir as chances de desenvolver a doença. O parlamentar, que é médico, falou que as sequelas mais graves, como perda da potência sexual e dificuldades para urinar, decorrem do agravamento da doença e da necessidade, por exemplo, de cirurgia. Daí a necessidade de os homens manterem uma vida saudável e os exames necessários em dia.

O medo afasta muitos homens de exames preventivos - O médico Dr. Filipe Pinheiro falou sobre como muitas pessoas deixam de se prevenir por medo do diagnóstico. No entanto, Filipe justificou que desde o final dos anos 90, as formas de tratamento têm evoluído bastante e a maioria daqueles que têm diagnóstico positivo não vivem de uma maneira debilitada. “Não tenham medo de procurar assistência e estimulem seus familiares e amigos a fazerem a prevenção primária”, concluiu.

Desafios para estimular a prevenção - “Fazer saúde é um desafio muito grande, principalmente em temáticas que a gente trabalha todo ano, como o Outubro Rosa e Novembro Azul”, afirmou a secretária de Saúde, Ramona Cerqueira. Segundo ela, é necessário desenvolver ações para incentivar que a população busque atendimento médico na rede de saúde, para que ocorra o diagnóstico precoce.

Para Cerqueira, o caminho certo é trabalhar com a prevenção primária, indicativos de saúde e avaliação de cada território, visto que cada localidade de Conquista apresenta diferentes dificuldades. Por isso, a secretaria está fazendo avaliações para entender as necessidades dessas áreas. De acordo com a secretária, Conquista tem uma rede de saúde ampla, tendo todo atendimento de acolhimento dentro da própria rede básica de saúde.

Um dos problemas enfrentados durante a campanha Novembro Azul é a vergonha e preconceito sentido pelos homens, sendo que, trabalhar com o câncer de próstata é diferente do câncer de mama, porque a mulher vai em busca do serviço, o que não acontece majoritariamente no campo masculino. Devido a isso, pensando na maior cobertura de atendimento, o município adotou uma campanha feita de porta em porta e trabalhando individualmente, visto que as ações coletivas não geram grandes resultados.

Ramona diz que: “a gente entende que quando o paciente está precocemente na rede de saúde, a gente consegue atingir cura de até 90% dos casos na nossa região”. Para finalizar, a secretária pautou o atendimento oferecido por Conquista para mais de 70 municípios na região e os esforços da prefeita Sheila Lemos (DEM) para ampliar a rede de saúde.

Durante a sessão especial, foram disponibilizados, de forma gratuita para a população, exames de oximetria, aferição de pressão, glicemia, além de preservativos. As ações de prevenção aconteceram no hall do 1º andar da Câmara, próximo ao Plenário Carmen Lúcia, onde diversas pessoas que passaram pelo local foram atendidas.




  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2021
15

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30