Imagem Em Sessão Especial, vereadores defendem valorização dos servidores públicos

Em Sessão Especial, vereadores defendem valorização dos servidores públicos

Câmara de Vitória da ConquistaSessão EspecialNotíciaLuis Carlos DudéLuciano GomesAdinilson PereiraValdemir DiasEdjaime Rosa - BibiaFernando JacaréHermínio OliveiraAlexandre Xandó Chico EstrellaDr Andreson RibeiroDr Augusto CândidoIvan CordeiroNildo FreitasOrlando FilhoRicardo Babão Subtenente Muniz

27/10/2021 11:41:00


Durante a Sessão Especial do Dia do Servidor Público, realizada pela Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), na manhã desta quarta-feira, 27, os vereadores discutiram e defenderam a valorização dos servidores públicos, que levam os serviços até a população, trabalhando pela melhoria da qualidade de vida da população. 

Valorização do serviço de excelência – O vereador Ricardo Babão (PCdoB) elogiou o serviço prestado pelos servidores públicos de Vitória da Conquista e cobrou mais valorização da categoria. “Fazem um excelente trabalho em nossa cidade. Gestão nenhuma administra uma cidade como Vitória da Conquista, que tanto cresce, sem o servidor público”, disse. “Primeira reunião que tive com a prefeita Sheila Lemos foi a primeira coisa que pedi: a valorização do servidor público. Quem carrega a nossa cidade, faz o dia a dia é o servidor público”, emendou Babão.

Ainda em seu pronunciamento, o vereador elogiou os servidores do Hospital de Base que, segundo ele, trabalham e fazem da unidade uma referência nacional. 

Câmara sempre foi aliada do servidor - O vereador Fernando Jacaré (PT) afirmou que a Câmara sempre teve preocupação com o servidor e lembrou que quando foi presidente do parlamento sempre manteve os sindicatos discutindo demandas dos trabalhadores do município. “A Câmara está atenta e com apoio incondicional a servidores públicos”, e, por fim, parabenizou o Simtrans, os servidores da Casa e os assessores parlamentares.

Contrário à PEC 32 - O vereador Alexandre Xandó (PT) iniciou o pronunciamento lembrando que é servidor público, sendo professor do campus de Brumado da UNEB – Universidade do Estado da Bahia. Xandó ressaltou que este era um dia de luta e criticou o posicionamento do ministro da Economia, Paulo Guedes, em que chamou os funcionários públicos de “parasitas”. O vereador se declarou contrário à PEC 32 e afirmou que houve perseguições do município contra servidores municipais.

Necessidade de valorização do servidor público - O vereador Luciano Gomes (PCdoB) afirmou que a Câmara está sempre de braços abertos para os servidores e que nenhuma gestão vai à frente se não cuidar do funcionalismo público. Luciano lembrou que quando foi presidente da Casa, concedeu – com o apoio de todos os vereadores – um aumento de 20% ao salário dos trabalhadores do parlamento. “Precisamos valorizar os nossos servidores, eles precisam ter alegria em trabalhar e não pode haver perseguição”, comentou.

Falta de concursos públicos do Governo do Estado – O vereador Bibia (MDB) ressaltou que a Câmara acolhe os servidores de Vitória da Conquista e votou todos os projetos importantes para o funcionalismo municipal. O parlamentar relatou diversas modalidades de serviços públicos do município e questionou o porquê de o Governo do Estado não fazer concursos públicos e só contratar via REDA ou através de terceirização que em muitos casos recebem salários atrasados.

Cadê a Vila do Servidor? - O vereador Andreson Ribeiro (PCdoB) avaliou o Dia do Servidor Público como um dia de luta por avanços para a categoria. “Não é necessariamente um dia festivo. É um dia de luta”, disse. O parlamentar aproveitou a oportunidade para cobrar a Vila do Servidor. “Herzem prometeu o início da construção da Vila do Servidor. Cadê a Vila do Servidor? Cadê uma proposta decente junto à Caixa Econômica para ser divulgada no dia de hoje? Por enquanto está só na falação”, apontou Ribeiro.

Andreson pediu que no próximo ano, os servidores municipais possam comemorar o dia com boas notícias. “Que no ano que vem possamos fazer uma sessão do Dia do Servidor com as honras que o servidor merece”, disse ele.

Governos petistas valorizaram o servidor público – O vereador Valdemir Dias (PT) acusou o Governo Bolsonaro de estar acabando com os direitos do servidor público. “É o momento de comemorar e também é um momento de reflexão. O Governo Federal quer acabar com o servidor público”, denunciou Dias. 

No âmbito municipal, Valdemir lembrou que nos governo petistas, os servidores públicos eram respeitados e valorizados. “Fui secretário em quatro pastas, em convívio diário com os servidores que fazem a máquina funcionar”, recordou. “Nos nossos governos fizemos o maior concurso que o município de Vitória da Conquista já fez, reconhecendo e valorizando o servidor público”, apontou ele, que cobrou também condições dignas de trabalho para os servidores públicos municipais. 

Servidor público estadual vive tragédia – O vereador Subtenente Muniz (Avante) criticou o tratamento que o Governo Rui Costa (PT) dispensa aos servidores públicos estaduais. “São milhares de servidores públicos estaduais. Só a Polícia Militar tem mais de 30 mil homens na ativa, fora o pessoal da reserva. Estamos há 7 anos sem correção salarial”, disse Muniz, que é militar da reserva. “Estamos vivendo uma tragédia com o servidor estadual”, emendou.

Para Muniz, todo governo deve tratar bem o servidor público. “Governos devem tratar bem o servidor público. A luta é nossa. É de todos nós. Estaremos sempre na luta por melhoria para os servidores”, disse o parlamentar.

Valorização salarial e condições dignas de trabalho – Augusto Cândido (PSDB) avalia que os agentes políticos, eleitos, são servidores públicos. Ele relatou a própria trajetória como servidor público na área de saúde e destacou que, atualmente, é professor do curso de Medicina da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e médico no Hospital de Base. O vereador falou da importância dos servidores da Prefeitura Municipoal, cerca de 10 mil profissionais. Ele destacou que o recente reajuste salarial concedido à categoria é importante, mas é necessário ainda garantir condições dignas de trabalho. 

Carregam a cidade nas costas – Nildo Freitas (PSC) parabenizou os servidores públicos, destacando que são esses profissionais os responsáveis por manter a cidade em funcionamento. Ele advertiu que ao longo da história, a situação dos servidores melhorou, mas não se pode cruzar os braços porque existem novos desafios. Nildo ressaltou que sonha com um tempo em que não será mais necessária a luta por melhorias porque a categoria será plenamente reconhecida e valorizada. 

Órgão público só funciona com servidor – Adinilson Pereira (MDB) parabenizou os servidores pelo dia. Ele ressaltou a importância da categoria para a manutenção das atividades da Prefeitura Municipal e, consequentemente, do município. “Qualquer órgão público sem servidor não anda”, disse. Em sua fala, Adinilson falou de um projeto de lei de sua autoria que criou o Dia Municipal do Servidor Público Aposentado. Para ele, é fundamental festejar e valorizar esses servidores.  

Conquistas importantes - O vereador Ivan Cordeiro (PTB), em seu pronunciamento, ressaltou a importância do servidor e destacou conquistas importantes para a categoria durante o Governo de Herzem Gusmão. “A Vila do Servidor será possível porque foi sonhada pelo saudoso prefeito Herzem Gusmão. O terreno foi doado por ele e a iniciativa foi estimulada por ele também. Além disso, a Guarda Municipal é hoje uma realidade por causa de Herzem. Ivan lembrou da época em que foi secretário de Serviço Público e de Mobilidade Urbana, destacando o compromisso dos servidores com o serviço público. Ivan falou ainda sobre a Lei do Fardamento, que possibilitou auxilio para a compra dos fardamentos dos agentes do Simtrans e da Guarda Municipal. “Uma cidade se faz com a valorização do servidor público”, defendeu o vereador.

Servidor é mola propulsora - O vereador Orlando Filho (PRTB) prestou uma homenagem aos servidores públicos. “O  servidor público é uma mola propulsora que toda cidade precisa para o seu desenvolvimento”, afirmou o vereador. Ele destacou o desempenho dos mais de 8.500 servidores que atuam no Governo Municipal, ressaltando a função normativa de cada segmento. Orlando também afirmou que o seu mandato estará sempre de portas abertas para os servidores e continuará na defesa da categoria. “Nós acreditamos que todos os servidores têm estado de grandeza”, pontuou.

Servidores são de grande importância - O vereador Hermínio Oliveira (Podemos) falou da importância do servidor para toda a cidade, e parabenizou a categoria pelo trabalho que desempenha tanto na Câmara quanto na Prefeitura de Vitória da Conquista. “É um momento que precisamos alavancar mais, melhorando o salário dos servidores”, defendeu Hermínio. 

Hermínio aproveitou a oportunidade para cobrar do Governo Estadual, um reajuste salarial.  “Já estamos há sete anos sem receber aumento por parte do Governo Estadual”, lembrou o edil. Ele citou também o esforço da Câmara Municipal em aprovar um plano de cargos e salários enquanto esteve como presidente da Casa. “Foi um esforço de todos os vereadores daquele colegiado”, pontuou.

Prefeita busca relação amistosa - O vereador Chico Estrella (PTC) destacou que a prefeita Sheila Lemos (DEM), durante todo o seu governo, buscará manter uma relação amistosa e equilibrada com os servidores municipais. “Vocês jamais verão um embate da prefeita Sheila Lemos com os servidores”, garantiu Estrella. 

Ele destacou que Sheila, em poucos meses de governo, concedeu um aumento salarial após mais de quatro anos de congelamento. “Depois de quatro anos e meio, um aumento salarial. Muito pouco, mas já é alguma coisa”, avaliou Chico.

Ainda em seu pronunciamento, o líder do Governo na Câmara pediu que o Dia do Servidor Público não seja utilizado para alimentar picuinhas políticas. “Não devemos usar um dia tão importante como o Dia do Servidor para picuinhas políticas”, pediu ele.

Servidores são essenciais em todas as esferas do poder público – Luís Carlos Dudé (MDB), presidente da Câmara, falou do orgulho de ter sido servidor da Prefeitura Municipal. Ele destacou que quando se busca qualquer órgão público é o servidor quem realiza o atendimento. Sem a categoria, os três poderes parariam, avalia Dudé. Em sua fala, o presidente destacou que mesmo diante das dificuldades financeiras e críticas de alguns, a Casa garantiu aumento do vale-alimentação de seus funcionários efetivos, de R$ 800 para R$ 1.000,00. Ele frisou que a categoria é fundamental para o funcionamento da Casa.

Dudé falou do papel da Câmara em promover debates e mediar o diálogo com o Executivo para melhorias no funcionalismo público. São frutos desse trabalho a aprovação do projeto que cria a Vila do Servidor, com terreno já reservado para esse fim, e a aprovação de correção salarial que resultou em reajuste salarial. Segundo o presidente, foram inúmeras reuniões até a votação. 

O presidente explicou que a Prefeitura Municipal está em diálogo com a prefeitura de Fortaleza, que possui um projeto semelhante à Vila do Servidor. Ele acredita que, em breve, será possível apresentar uma proposta ao Sinserv. Dudé ainda defendeu que os servidores da Casa também possam ser beneficiados pela Vila. 





  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2021
15

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30