Imagem Rodrigo Moreira pede atenção aos gastos do Governo Herzem

Rodrigo Moreira pede atenção aos gastos do Governo Herzem

Câmara de Vitória da ConquistaSessão SoleneNotíciaRodrigo MoreiraPP

24/04/2020 16:18:00


Durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), realizada remotamente na manhã desta sexta-feira, 24, o vereador Rodrigo Moreira (PP) pediu maior atenção do Poder Legislativo às contas do Executivo Municipal. “A gente precisa investigar os gastos da prefeitura. Gel de R$ 35,00 o litro não passa na minha garganta”, disse o parlamentar, apontando o alto preço pago pela prefeitura por álcool em gel.

“As coisas que poderão vir aí, se a gente não fiscalizar, vai ser pesado. Nós temos que fiscalizar tudo o que for comprado nesse momento”, cobrou ele, ressaltando que fiscalizar o Poder Executivo é uma das funções do Legislativo.

Rodrigo reclamou a falta de assistência do Governo Municipal às famílias de baixa renda. “O Governo Municipal não fez nenhum projeto de ajuda a essas pessoas”, apontou o edil. “Com tanto de dinheiro que chegou, R$ 7 milhões, porque não assiste às pessoas mais pobres?”, emendou ele.

Outra reclamação apresentada por Moreira foi quanto à falta de diálogo do governo com a Câmara. “A gente tem que ir pra cima da prefeitura, que está nos deixando de fora de todas as decisões. Nós representamos a população de Vitória da Conquista”, queixou ele.

Guarda Municipal – Rodrigo questionou também o fato de a Guarda Municipal ainda não estar atuando e já contar com inspetor, ouvidor e corregedor. “Como a gente vai ligar pra um ouvidor para reclamar de uma guarda que não existe ainda? Aquilo ali está se tornando cabide de emprego”, denunciou. “Está gastando mais de R$ 50 mil por mês com cargos de confiança. Isso é uma vergonha, a gente tem que acabar com isso”, apontou Moreira, reclamando investimentos na Saúde durante o período de crise causado pela pandemia de Covid-19.

Reabertura do comércio - O vereador defendeu a reabertura do comércio mediante a adoção de medidas. “Todas as pessoas deverão utilizar máscaras. Vai ter gel na entrada, gel na saída, limpeza, o compromisso de cada comerciante de limpar tudo”, argumentou. “A gente tem que se preocupar também com a subsistência das pessoas. Se a gente não voltar com o comércio vai morrer muita gente de fome”, previu.

Fotografia de arquivo. As sessões estão acontecendo remotamente.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31