Imagem Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom

Câmara realiza audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom

Câmara de Vitória da ConquistaAudiência Pública

22/08/2017 23:30:00


Aconteceu na noite dessa terça, 22, uma audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom, festejado todo dia 20 de agosto. A data comemorativa foi instituída pela Lei Municipal Nº 1.646/2009. A articulação para o evento foi do mandato do vereador Valdemir Dias (PT). A Maçonaria é uma instituição essencialmente filosófica, filantrópica, educativa e progressista, que adota a investigação da verdade, em regime de plena liberdade. Ela tem como princípios a liberdade dos indivíduos e dos grupos humanos, sejam eles instituições, raças ou nações; a igualdade de direitos e obrigações dos seres e grupos sem distinguir a religião, a raça ou nacionalidade; a fraternidade de todos os homens. Para a Maçonaria, todos são filhos do mesmo Criador.

Além de homenagens e pronunciamentos, a audiência contou com a participação de Cleber Diran Dias Flores, da Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, que fez a palestra “A Maçonaria e Homem de Bem”. Cleber é palestrante espírita, coordenador do Conselho Regional Espírita nº 10 da Federação Espírita da Bahia e diretor da União Espírita de Vitória da Conquista.

O vereador Valdemir Dias (PT) agradeceu a todos os presentes e comemorou pelos grandes feitos da maçonaria. “Essa é uma noite de júbilo, de falar o que já fizemos e também de pensar o que ainda temos que fazer”, disse. Valdemir falou também sobre a transformação em busca da perfeição. “Essa transformação parte de cada um. Vem de dentro essa busca pela perfeição, essa busca em vencer as paixões, vícios e vaidade”, pontuou. O vereador agradeceu ao Grande Arquiteto do Universo pela presença de todos e desejou que no próximo ano todos possam estar juntos novamente comemorando essa data.

Joselito Soares, deputado estadual e delegado da 8ª Delegacia Litúrgica do Rito Brasileiro, frisou que se trata de data muito importante para a Maçonaria, sobretudo esse ano em que se comemora 300 anos de trajetória. Segundo ele, a Maçonaria vem trazendo para as comunidades, em nível nacional e internacional, avanços para a democracia, fraternidade e as relações entre as pessoas.

Harrisson Ridale Neves, delegado da Sétima Região da Gleb, falou do seu prazer e orgulho por fazer parte da maçonaria e comemorar essa data. “Nessa noite comemoramos tudo que há de bom na maçonaria, que é o maçom. Apesar das suas asperezas e defeitos, somos sempre aqueles trabalhadores conquistadores de tudo que pode ser e tornar o homem melhor”, disse. Ele agradeceu o apoio das esposas e famílias dos maçons que tornam isso possível.

Jorvan Andrade, conselheiro do Grande Oriente Estadual da Bahia (GOEB), falou que a data tem uma relevância extraordinária e destacou a representatividade da plateia: maçons e variados segmentos da sociedade. Ele lembrou que a data de aniversário deve ser um momento de reflexão sobre os erros e acertos. “Nossa missão, enquanto maçons, é nos tornamos, no dia a dia, pessoas melhores, dignas da proteção do Grande Arquiteto do Universo”, disse. Em sua fala ele destacou as contribuições sociais das lojas maçônicas de Vitória da Conquista: distribuição de mais de 50 mil cestas na Campanha do Natal Sem Fome, em 2014; doação de cobertores na Campanha do Agasalho; construção de casas para pessoas carentes; em parceria com outras entidades, doação de uma ambulância para a Casa do Amor, construção de um módulo para internos com capacidade para 13 pessoas na Cotefave e uma casa para acolhimento de 22 idosos na Instituição Anuncia-me.  

Para Arlindo Neto, grande secretário de Relações Exteriores e Past Grão Mestre Adjunto da Grande Loja Maçônica da Bahia, a maçonaria é uma instituição que tem por finalidade tornar feliz a humanidade pelo amor, trabalho e na busca pela verdade. “Viemos aqui para dizer o significado da maçonaria e que somos homens livres de bons costumes, mas predestinados a chegar, em algum dia, ao infinito, a perfeição”, afirmou. Segundo Arlindo, as pessoas estão ansiosas para receber destes homens de liderança o trabalho em prol da sociedade. “O maçom tem que ir atrás da verdade, do bem-estar, ser um homem justo e perfeito para que a sociedade reconheça nele o trabalho dessa construção do dia a dia”, completou.

Durante a audiência foram ainda entregues homenagens à lojas maçônicas pelos serviços prestados à comunidade: Loja Maçônica Fraternidade Conquistense, nº 20; Loja Maçônica Cavaleiros do Oriente, nº 1406; Loja Maçônica Monte Sião, nº 2325; Loja Maçônica União e Liberdade Conquistense, nº 144; Loja Maçônica Luz e Sabedoria, nº 2484; Loja Maçônica Filadélfia, nº 2783; Loja Maçônica Razão e Força, nº 56; Loja Maçônica Construtores da Fidelidade, nº 199; Loja Maçônica Pensadores Livres, nº 4448; Loja Maçônica Sementes de Luz, nº 277; Loja Maçônica Acadêmica Guardiões da Alpha Crucis, nº 4469; Loja Maçônica Acácia Conquistense, nº 4490. Foram ainda homenageados: a Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia (GLEB) e o Grande Oriente Estadual da Bahia (GOEB).  

Clique e confira as fotos e homenagens da audiência pública em homenagem ao Dia do Maçom

Audiência Pública - Dia do Maçom



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Janeiro 2022
0

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31