Imagem Câmara decide apurar problemas apontados em auditoria da Sesab no Esaú Matos

Câmara decide apurar problemas apontados em auditoria da Sesab no Esaú Matos

Câmara de Vitória da ConquistaNotíciaViviane SampaioComissão de Saúde e Assistência SocialComissão de Direitos Humanos, Cidadania e Defesa da MulherAlexandre Xandó Dinho dos CampinhosRicardo Babão

09/09/2021 10:37:00


As comissões de Direitos Humanos, Cidadania e Defesa da Mulher, e de Saúde e Assistência Social, da Câmara Municipal, se reuniram na manhã desta quinta-feira, 9, para analisar o Relatório da Auditoria Nº 4.384 da Secretaria Estadual de Saúde da Bahia - Auditoria SUS/BA, no Hospital Municipal Esaú Matos, administrado pela Fundação de Saúde de Vitória da Conquista. Durante a reunião, que contou com a participação dos vereadores Viviane Sampaio (PT), Alexandre Xandó (PT), Dinho dos Campinhos (PP) e Ricardo Babão (PCdoB), ficou decidido que as comissões vão apurar os problemas apontados no relatório.

“A gente tem uma grande preocupação com a ameaça de se perder a referência do Esaú Matos para a gestação de alto risco, bem como a habilitação da UTI Neonatal Tipo II”, explica a presidente das duas comissões, vereadora Viviane Sampaio, apontando que o risco existe, conforme consta no relatório da Auditoria, que registou mais de 40 “não-conformidades" durante as averiguações realizadas entre outubro de 2017 e março de 2018.

Sampaio ressalta a gravidade do problema apontando que o município de Vitória da Conquista e toda a região Sudoeste são atendidos pelo Esaú Matos. “Isso compromete não só a assistência em Vitória da Conquista, mas toda a região Sudoeste”, pontua. “Hoje, Vitória da Conquista e região nascem no Esaú Matos. Hoje o SUS só tem dois pontos na rede de parto que é o Hospital Unimec, conveniado ao SUS, e a Fundação (de Saúde de Vitória da Conquista - Hospital Esaú Matos), que é 100% pública, então um patrimônio de Vitória da Conquista, e todos os cidadãos e cidadãs precisam defender essa instituição”, emenda ela.

Averiguação - Diante do que foi exposto no relatório ao qual as comissões e o Conselho Municipal de Saúde tiveram acesso recentemente, as comissões buscarão averiguar se os problemas permanecem e identificar os seus responsáveis. “Diante de todas as notificações feitas, todas comprometendo a assistência e a segurança dos pacientes, nós estaremos fazendo uma visita para constatar se essas não-conformidades ainda permanecem”, explica Viviane.

“Vamos, a partir dessas constatações, individualizar cada responsável pela omissão ou não-ação conforme o Relatório de Auditoria”, adianta a parlamentar.

Confira o Despacho do Relatório.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Outubro 2021
19

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31