Imagem Audiência Pública propõe mudanças na Lei que institui o Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo

Audiência Pública propõe mudanças na Lei que institui o Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo

Câmara de Vitória da ConquistaAudiência PúblicaNotíciaValdemir DiasFernando JacaréAlexandre Xandó Chico Estrella

17/08/2021 16:36:00


A Câmara Municipal de Vitória da Conquista realizou na tarde desta terça-feira (17), uma Audiência Pública para debater a Lei que institui o Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo.  A iniciativa é dos vereadores Alexandre Xandó e Fernando Jacaré, ambos do PT.  Eles querem ampliar o debate com a sociedade civil em torno desse tema, antes de levar para a votação o projeto de Lei nº 12, de 17 de julho de 2021, prevista para ocorrer no mês de setembro.

De acordo com Alexandre Xandó, a ideia da reunião foi discutir possíveis alterações no Projeto de Lei Ordinária do Executivo nº 12/2021 que, entre outras coisas, cria o Conselho Municipal de Turismo (COMTUR) e o Fundo Municipal de Turismo (FUMTUR). Um dos principais itenslistados foi a definição dos critérios de como serão eleitas as cadeiras do conselho.

“Um dos pontos que queremos discutir com vocês são quais cadeiras devem compor este conselho, de maneira a não ficar a cargo único e exclusivo do poder executivo”, disse Xandó.

Políticas Públicas de fomento ao turismo em Vitória da Conquista - O coordenador de Cultura de Vitória da Conquista, Alexandre Magno, ressaltou a necessidade de criação de uma politica de fomento de turismo para o município. Ele ressaltou que a cidade tem como vantagem seu posicionamento geográfico e equipamentos como o novo aeroporto, viabilizando a atração de turistas para Conquista e Região.  

Alexandre ressaltou ainda que a Câmara Municipal não tem obrigatoriedade de participação nesse conselho, devido a sua natureza de fiscalização. “O importante é que a sociedade civil se fortaleça no exercício desse conselho”, afirmou o coordenador de Cultura. Após pronunciamento, o coordenador deixou o debate para cumprir outros compromissos.

Há interesse da iniciativa privada de fomentar o turismo em Vitória da Conquista  - O turismólogo e representante do Senac na audiência, Luiz Ferraz, ressaltou que já teve a oportunidade de participar desde o início da criação do conselho e que foi muito interessante, ao mesmo tempo que desafiador. Luiz destacou o potencial de turismo de Vitória da Conquista, principalmente no segmento desportivo e gastronômicos, entre outros.

“Uma coisa positiva nesse novo projeto de lei é a questão do recurso. O conselho anterior não tinha. As ideias chegavam e a gente discutia, mas não tinha possibilidade de executar”, afirmou Ferraz.

Luiz afirmou que, neste atual momento, a prioridade é determinar quem são os representantes desse conselho, sem deixar isso em aberto.

“O turismo vai acontecer. A gente tem vários exemplos de outras cidades que o turismo aconteceu, mas que por falta de planejamento e organização, tiveram que tomar medidas drásticas”, disse o turismólogo.

Por fim, Ferraz destacou que se faz necessária a discussão do calendário turístico de Vitória da Conquista, buscando a comunicação entre as produções e eventos para que se tenha um fluxo constante. “A gente precisa organizar isso para que a gente possa ter um aproveitamento melhor de todo mundo”, disse Luiz.

O que for o melhor para o turismo, vai ser o melhor para a prefeita Sheila Lemos - O vereador e líder do Governo, Chico Estrella (PTC), ressaltou a importância da discussão do turismo em Vitória da Conquista, ressaltando relevantes nomes responsáveis pela realização de eventos e atividades esportivas na cidade.

Estrella afirmou ter certeza de que a prefeita Sheila Lemos (DEM) não irá fazer oposição alguma às mudanças que forem propostas pela Câmara ao Projeto de Lei em discussão.

“Vocês podem ter certeza da sensibilidade dela. Ela quer realmente o melhor”, disse Chico, e afirmou: “Então, o que for o melhor para o turismo, para a indústria e para o comércio, vai ser melhor para a prefeita Sheila Lemos".

Teremos que fazer emendas nesse Projeto de Lei - O vereador Valdemir Dias (PT) destacou o efeito cascata que o turismo proporciona em regiões que exploram esse segmento mercadológico.  Nesse sentido, ele evidenciou os pontos positivos de Vitória da Conquista como o clima, a gastronomia, entre outros fatores. No entanto, Valdemir afirmou que o projeto de  Lei que institui o Conselho Municipal de Turismo e o Fundo Municipal de Turismo possui muitas inconsistências. “Teremos que fazer emendas nesse projeto de Lei. Observamos falhas nessa legislação, como a obrigatoriedade de o presidente do conselho ser do Governo Municipal. Outra falha é dar exclusividade ao Governo Municipal para movimentar o fundo de Turismo. Precisaremos fazer emenda nesse Projeto de Lei.  Por fim, Valdemir afirmou que estão criando o conselho para controle do poder executivo.

É preciso inverter o padrão de turismo que existe em Vitória da Conquista -  O empresário José Maria Caires chamou atenção para a necessidade de inverter o padrão de turismo que existe em Vitória da Conquista. “Conquista é um turismo emissivo e a gente precisa dessa inversão para termos um turismo receptivo, explorando nossas características, atraindo turistas de outras partes do país”, afirmou o empresário.

Zé voltou a defender Vitória da Conquista como Portal da Chapada Diamantina. “Para ir ate a Chapada Diamantina, as pessoas se deslocavam até Salvador e de lá percorriam quase 500 quilômetros para chegar até Lençóis. Em Conquista é diferente. O turismo está a 150 quilômetros daqui da nossa cidade”, argumentou. Ele ainda pontuou a evolução da rede hoteleira no município e as conexões com as capitais do país, por meio do novo aeroporto.

Vitória da Conquista tem vasta riqueza cultural - Para o vereador Fernando Jacaré, Conquista tem um potencial turístico inimaginável aguardando para ser explorado. Ele destacou a excelente localização do município, o frio e a gastronomia que podem se aliar à vasta riqueza cultural presente no município. "Podemos ter aqui a realização de festivais, de feiras literárias e outros eventos culturais importantes, mas antes precisamos nos organizar por meio de um Conselho de Cultura forte, precisamos nos unir para fazer de Conquista um polo cultural e  turístico à altura do seu povo e de sua gente", afirmou e completou: Não acreditavam no aeroporto e hoje está aí um dos maiores equipamentos do país, temos um ciclismo forte na região, o turístico é questão de tempo, vamos lutar por isdo". 

Precisamos nos organizar pois estamos ficando para trás - O representante da Associação de Ciclismo do Sudoeste da Bahia (ACSB), Kélio Wolfrane, afirmou que o Conselho Municipal de Turismo deve ser formado de maneira técnica e parametrizada com a meritocracia.

“O que a gente tem visto muito aí principalmente nas secretarias é nomear pessoas que sequer buscam nos escutar”, disse Kélio.

Wolfrane afirmou que os profissionais na área de eventos em Vitória da Conquista possuem um know-how digno de respeito, o que considerou quase como invejável. “Eu fico entristecido quando a cidade não dá o verdadeiro apoio. Precisamos nos organizar pois estamos ficando para trás”, completou.

Kélio Wolfrane destacou a necessidade de se integralizar o turismo a alguns esportes, como o ciclismo e corrida de rua, além de proporcionar essa integração com o setor privado, público e legislativo. “Essa integralização é o que vai fazer com que se reúnam o conselho consistente para se organizar e se executar”, disse Kélio.

Por fim, sugeriu o fechamento da Lagoa das Bateias para a prática de esportes, afirmando que a cidade tem condições de realizar 15 tipos de modalidades esportivas no local.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Outubro 2021
19

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31