Imagem Rodrigo denuncia: “regulação [estadual] imoral, genocida, que deixa as pessoas no corredor de hospitais”

Rodrigo denuncia: “regulação [estadual] imoral, genocida, que deixa as pessoas no corredor de hospitais”

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaRodrigo MoreiraPP

15/05/2020 10:39:00


Na sessão da Câmara de Vereadores de sexta-feira (15), realizada remotamente na manhã desta quarta-feira, 20, em virtude de uma queda de energia, o vereador Rodrigo Moreira (PP) criticou duramente a política de regulação de saúde do Governo Estadual. Ele relatou que por falta de acesso a um leito de UTI uma mulher acabou morrendo. “É um dia triste para mim. Agorinha morreu a mãe de uma amiga minha, de um amigo meu”, falou. De acordo com o edil, a pessoa tentou por dias uma vaga em UTI mas não conseguiu. 

Para Moreira, é um contrassenso vagas de UTI para o tratamento da COVID-19 que não estejam em uso não serem destinadas para situações emergenciais como a que ele relatou. “A pessoa morre por falta de atendimento médico. É uma vergonha isso. O Governo do Estado deveria tomar vergonha na cara por conta dessa regulação safada que ele tem, que levou lá para Salvador agora. Uma regulação imoral, genocida, que deixa as pessoas no corredor de hospitais”, denunciou. O parlamentar ainda desaprovou a gestão do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. Ele frisou que quem mais sofre são as pessoas pobres, que não tem condição de biscar o atendimento em hospitais da rede particular.

Em sua fala, o vereador também criticou a Prefeitura Municipal. De acordo com Rodrigo, a gestão municipal além de atrasar a implantação da Guarda Municipal, não oferece condições de trabalho aos agentes que já estão nas ruas, apesar de não terem sido ainda denominados guardas municipais. O edil falou que os profissionais não recebem os equipamentos de proteção individual, apenas máscaras, mas para uso prolongado, o que prejudica sua eficácia na prevenção da COVID-19. Ele ainda lembrou que antes mesmo de a Câmara finalizar a votação do projeto que cria a Guarda, a gestão municipal lançou uma grande campanha midiática divulgando a iniciativa, mas após quase seis meses da aprovação, a Guarda ainda não é uma realidade. 

*Fotografia de arquivo. As sessões estão acontecendo remotamente.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2021
15

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30