Imagem Rodrigo Moreira acusa Prefeitura de transformar Guarda Municipal em “cabide de empregos”

Rodrigo Moreira acusa Prefeitura de transformar Guarda Municipal em “cabide de empregos”

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaNotíciaRodrigo MoreiraPP

29/04/2020 16:19:00


Na sessão da Câmara de Vereadores desta quarta-feira (29), realizada por meio do Sistema de Deliberação Remota (SDR), o vereador Rodrigo Moreira (PP) destacou que faz cobranças “pesadas” à Prefeitura Municipal porque seu papel, como vereador, é fiscalizar as ações da gestão municipal. Ele destacou que a Casa vai investigar “essa diferença monumental de preços pagos pela prefeitura ao Hospital São Vicente”. De acordo com o edil, são quase R$ 1,9 milhão de diferença entre o contrato do HCC, firmado com o Estado, e o da Santa Casa, firmado com a prefeitura. “É muito sério isso”, disse. Moreira e explicou que está reunindo os documentos e já esteve nas duas unidades. “Se tiver qualquer coisa, nós vamos ingressar rapidamente para que esse contrato seja revisto”, detalhou.

Em sua fala, o parlamentar questionou o funcionamento da Guarda Municipal. Ele afirmou que foram criados cargos, como os de inspetor e de ouvidor, mas a estrutura ainda não funciona na prática, não existem guardas municipais na rua. “Isso tá custando para os cofres públicos quase R$ 50 mil reais por mês. Sete cargos”, disse. para ele, esse recurso deveria ser revertido para o combate à pandemia. “Como é que o governo [municipal] faz isso? Cria um bocado de cargos só para cabide de empregos”, questionou. Moreira afirmou que vai ingressar com uma ação no Ministério Público.

O vereador lamentou que o secretário municipal de Administração, Kairan Figueiredo, tenha afirmado que a prefeitura não dará auxílio emergencial para as famílias mais vulneráveis durante a pandemia. Moreira lembrou que outras prefeituras têm adotado essa medida, a exemplo de Salvador. “A gente tem que tá preocupado é com a comida na mesa das pessoas”, falou. 

O parlamentar criticou disputas entre vereadores por exclusividade sobre atuação em determinadas zonas da cidade. “Nenhum vereador é dono de bairro aqui em Vitória da Conquista. Os vereadores têm atuação na cidade inteira. É muito feio ver ‘uns ciúmes bestas desse’, imaturo, quando um vereador faz cobranças normais que se faz todos os dias para a Prefeitura. Não é possível que a gente vá ficar aqui brigando um com o outro para ver que é que está levando uma coisa ou outra”, alertou. Ele frisou que todos os gastos da Prefeitura serão verificados.

Fotografia de arquivo. As sessões estão acontecendo remotamente.



  Live Offline
Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2021
15

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30