Imagem Vereadores se reúnem com agentes patrimoniais para discutir criação da guarda municipal

Vereadores se reúnem com agentes patrimoniais para discutir criação da guarda municipal

Câmara de Vitória da ConquistaLuis Carlos DudéValdemir DiasRodrigo MoreiraComissão de Legislação, Justiça e Redação FinalComissão de Fiscalização dos Atos do ExecutivoEdivaldo Ferreira Jr.

28/11/2019 18:12:00


As Comissões de Legislação, Justiça e Redação Final e de Fiscalização de Atos do Executivo, da Câmara de Vereadores, estiveram reunidas com agentes patrimoniais da prefeitura a fim de realizar uma primeira rodada de discussões sobre o projeto de lei que cria a Guarda Municipal de Vitória da Conquista.

Estiveram presentes os vereadores Luís Carlos Dudé (MDB), Valdemir Dias (PT), Rodrigo Moreira (Progressistas) e Edivaldo Júnior (MDB), além de representantes do movimento dos agentes patrimoniais do município.

Presidente da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final, o vereador Luís Carlos Dudé fez um resumo geral sobre como se dará a tramitação do projeto dentro da Casa do Povo e falou sobre a importância de contar com uma Guarda Municipal na cidade.

“É importante a participação dos agentes patrimoniais na reunião da comissão, é um fato interessante, porque a gente cobra sempre a participação das pessoas e hoje, eles vieram aqui e participaram de uma reunião tão importante. A Guarda Municipal vai ajudar muito na segurança pública da cidade, por isso a gente fica muito feliz pela participação dos hoje agentes patrimoniais e futuramente guardas municipais. Isso é que é importante: a participação da sociedade junto com a Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista”, comentou.

O vereador Valdemir Dias, membro da referida comissão e também relator da comissão de Fiscalização dos Atos do Executivo, complementando a fala de Dudé, ressaltou que a CLJRF analisa a legalidade dos projetos que a ela chegam e não o mérito para que a Câmara possa agir sempre se pautando em projetos constitucionais para o povo de Vitória da Conquista.

Presidente da Comissão de Fiscalização, o vereador Rodrigo Moreira avaliou a reunião como “técnica” e sugeriu que na rodada seguinte de discussões, houvesse a presença da procuradoria do município e todos os vereadores presentes solicitaram ainda à Secretaria Municipal de Administração, na pessoa do seu titular, Kairan Rocha, para que os artigos que pudessem burocratizar ainda mais o processo de implantação da guarda fossem excluídos do projeto de lei.

Os parlamentares também ouviram sugestões e dúvidas dos próprios agentes patrimoniais e o líder do movimento, Fábio Sampaio, pôde ser o porta-voz da categoria perante os edis.



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Dezembro 2019
7

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31