Imagem Dia do Contador é tema de audiência na Câmara Municipal

Dia do Contador é tema de audiência na Câmara Municipal

Câmara de Vitória da ConquistaAudiência PúblicaNotíciaCoriolano MoraesValdemir Dias

20/09/2019 23:44:00


Foi realizada na noite desta sexta-feira, 20, na Câmara Municipal de Vitória da Conquista, uma audiência Pública em homenagem ao Dia do Contador, solicitada pelo vereador Coriolano Moraes (PT). Participaram do evento, contadores, representantes do Conselho Regional de Contabilidade e da Receita Federal.

Professor Cori abriu a audiência afirmando que a contabilidade é uma ciência atraente. Lembrou que desde o século XV, quando o monge italiano Luca Pacioli descreveu em seu livro, o método das partidas dobradas, a essência do trabalho do contador continua desafiadora, exigindo dos profissionais muito mais do que raciocínio lógico e puramente matemático. “A capacidade de exercer a abstração e de aplicar essa habilidade à ciência contábil é um dos grandes desafios da profissão. Indispensável para a gestão econômica, financeira e patrimonial do mundo empreendedor; peça fundamental no âmbito da esfera pública para a garantia de transparência, controle social e combate à corrupção”. 

Ainda, conforme o vereador Professor Cori, muitas são as transformações sobre o papel do profissional da contabilidade e, “entre tantas funções, está uma das atividades mais importantes: de ser ator social. E, para atuar no incentivo à prática solidária”. Para ele, a sociedade que clama por maior controle da gestão dos recursos públicos e mais justiça social é a mesma que espera dos profissionais da contabilidade o compromisso com a ética e com a verdade, “indispensáveis para o restabelecimento do crescimento econômico e do desenvolvimento social do Brasil”.

CRCBA atua em três frentes – A contadora Mércia Cristina Andrade representou o presidente do Conselho Regional de Contabilidade da Bahia (CRCBA), Antônio Carlos Ribeiro da Silva. Ela explicou que a contabilidade é uma atividade milenar e, atualmente, uma profissão fundamental. Em sua fala, destacou a importância do CRCBA, que atua em três frentes – registro de profissionais, fiscalização e educação. Segundo Cristina, que responde pela área de registro do CRCBA, o cenário é de desafios para os contadores com a assimilação de novas tecnologias à profissão. Para ela, a contabilidade 4.0 exige uma reflexão sobre qual tipo de contador esse cenário cada vez mais tecnológico exige. 

Doações para o fundo da criança e do adolescente - O delegado da Receita Federal, Andrey Soares de Oliveira, foi convidado para proferir uma palestra para os contadores. Em sua fala, ele explicou o funcionamento de doações para o fundo da criança e do adolescente no sistema de Declaração do Imposto e das transformações sociais e responsabilidade dos contadores. Andrey ressaltou que “os contadores estão para o Fisco assim como os advogados estão para a justiça”.  Lembrou que a Declaração de Imposto de Renda deve ser entendida em dois tempos: “o que se faz hoje é referente ao ano anterior. Exemplo: a Declaração feita hoje é referente ao exercício de 2018”. Abordou a questão sobre como declarar doações durante a declaração do imposto e ressaltou a importância dos contadores na gestão fiscal do país, principalmente no que diz respeito as doações para fundos voltados para crianças e adolescentes do município.

Maiores empresários brasileiros conhecem contabilidade – O professor Paulo Pires decretou que a contabilidade não vai acabar, pois é fundamental para empresas e instituições. Ele frisou a necessidade de se valorizar o conhecimento teórico e afirmou que a academia é o centro teórico por excelência. Segundo Pires, a contabilidade é uma área de destaque e ações como a audiência é um indicativo do quanto é importante discutir a atividade. Em sua fala, o professor destacou figuras ilustres como os roqueiros Mick Jagger, vocalista do The Rolling Stones, e Robert Plant, vocalista do Led Zeppelin. O professor ressaltou que os maiores empresários brasileiros têm conhecimentos de contabilidade.  

Investir hoje para não ressocializar amanhã - Josafá Barreto, representando o SINCONTEC, iniciou seu discurso falando do quanto é feliz em ser contador. “Quando estamos em um evento como este passa um filme de nossa história na profissão”, contou. Josafá contou um pouco da sua história e das amizades que fez durante todos os anos de profissão e das pessoas que o ajudaram a crescer na profissão. Ressaltou a importância do sindicato em sua vida profissional e falou sobre a campanha de doação ao Fundo de Amparo à Criança e ao Adolescente: “vamos ver se conseguimos atingir os R$ 5 milhões para não ter que trabalhar a ressocialização dessas crianças no futuro, lembrando do seu trabalho de ressocialização com adultos envolvidos com drogas.

Contadores à frente de órgãos públicos - Josana Mota, representando o delegado do CRC, o senhor Amauri Soares, iniciou sua fala ressaltando que o “diferencial na conscientização da melhor arrecadação é por você ser contador”, referindo-se ao trabalho do delegado da Receita Federal, Andrey Soares. “Quando você nos buscou, eu fiz minha parte e ajudei a aumentar essa arrecadação”, contou. Josana agradeceu a presença dos alunos e pediu que eles vissem “como é lindo ver contadores à frente de órgãos públicos”. E disse que “o futuro dessa classe depende dos estudantes. Sou contadora e amo minha profissão”.

Projetos poderão ajudar a área de contabilidade – O vereador Valdemir Dias (PT) lembrou que é o autor da lei que criou o Dia Municipal do Contador, festejado no dia 22 de setembro. Ele afirmou que não poderia deixar de participar de uma homenagem a uma categoria que trabalha por um país mais justo e livre de corrupção. Segundo Valdemir, na condição de administrador compreende que o contador é fundamental, atua como um conselheiro. Ele acredita que mesmo com o advento das novas tecnologias, “nada substituirá o contador”.

O parlamentar afirmou que vem trabalhando em projetos que, caso sejam aprovados, terão impactos positivos na contabilidade. Uma das iniciativas prevê a desburocratização do Habite-se – projeto foi entregue ao executivo. Já o outro cria uma espécie de alvará condicionado, no qual o proprietário recebe um alvará provisório e ganha um período de tempo para regularizar o imóvel. 

Curso já formou mais de 700 profissionais – O professor Josenaldo Alves, coordenador do curso de Ciências Contábeis da FAINOR, agradeceu o convite e a homenagem que recebeu durante a audiência. “A gente fica muito feliz”, falou para destacar o reconhecimento ao trabalho que faz à frente da coordenação do curso. Ele frisou que a graduação é importante para Vitória da Conquista e região, pois já são mais de 700 profissionais formados pela instituição. Segundo Alves, muitos são empresários da área ou ocupam os espaços de contabilidade em empresas. 

Heróis da contabilidade devem ser reconhecidos – O professor e coordenador do curso de Ciências Contábeis da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Manoel Antônio, afirmou que a contabilidade ilumina, fornece o material para o economista e o administrador. Ele frisou que o momento é de crise generalizada exige uma reflexão ética. Em sua fala, defendeu o reconhecimento dos heróis da contabilidade, como o professor Paulo Pires e as militantes da área, Josana Mota e Mércia Cristina. 

Relação de confiança – A vice-prefeita do município, Irma Lemos, ressaltou a importância da relação entre o empresário e o contador: “Deve ser uma relação de afinidade e confiança”. Lembrou que o contador para os pequenos empresários é muitas vezes um advogado, um conselheiro. Prestou homenagem ao seu primeiro contador e destacou a importância da confiança criada entre eles. “Quero ainda, agradecer ao delegado da Receita Federal por defender a bandeira da doação para o fundo da criança e do adolescente no município: “Passamos de uma arrecadação de R$ 11 mil para R$ 79 mil, graças a sua campanha junto aos contadores e esperamos que em 2020 o senhor esteja à frente, dando continuidade a essa bandeira”. Finalizou parabenizando a todos os contadores pelo seu dia.

Durante a audiência, foram homenageados: 

Clóves Flores
Professor Paulo Pires
Edvaldo Paulo
Delegado da Receita Federal, Andrey Soares
Contadora Mércia Andrade
Contador Josafá Barreto
Paloma Campos Souza - Estudante da Fainor
Vanaide Freitas - Estudante Uesb
Coordenador do curso de contabilidade da FAINOR - Josenaldo Alves Coordenador do curso de contabilidade da UESB - Manoel Antônio
Primeiro delegado do CRC Senhor Givaldo
Primeira mulher baiana a ser registrada no CRC - Eleonice Ferraz de Souza
Contador Manoel Jerônimo
Contador Senhor Dalvadisio
Funcionário da Receita Federal - Tarcísio Luís

 



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2019
5

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30