Imagem Audiência pública debate fechamento da Av. Olívia Flores aos domingos

Audiência pública debate fechamento da Av. Olívia Flores aos domingos

Câmara de Vitória da ConquistaVereadoresAudiência PúblicaNotíciaCoriolano Moraes

17/06/2019 22:13:00


A Avenida Olívia Flores se tornou um espaço tradicional para a prática de atividades físicas. Em 2016, uma das pistas, na região do Shopping Boulevard, passou a ser fechada aos domingos para veículos, ampliando ainda mais o uso da via para o esporte. O fechamento ocorre no início da manhã e segue até às 13h. Entretanto, nos últimos meses essa medida vem sendo modificada, com alterações em alguns trechos, redução de horários e a possibilidade de não fechar mais a avenida. Essa situação foi tema de uma audiência pública nesta segunda-feira, 17, na Câmara de Vereadores. 

Participaram da audiência representantes dos usuários da via, vereadores e outras autoridades. Apesar do convite, nenhum representante da Prefeitura Municipal compareceu. 

A cidade pertence a todos – O vereador Professor Cori (PT), autor da proposta, afirmou que a audiência objetiva sensibilizar a gestão municipal para essa causa e frisou o convite feito às autoridades, inclusive por meio do Líder do Governo na Casa, Luis Carlos Dudé (PTB). O vereador declarou que a Câmara e seu mandato cumprem o papel de “dar voz à população de Vitória da Conquista”. 

Para Cori, é necessário escuta e diálogo, sobretudo nesse tipo de situação. Ele ressaltou que a “cidade pertence a todos” e que a literatura recente aponta como positivo o fechamento, mesmo que temporário, de ruas e avenidas para que as pessoas possam fruir a cidade. O edil ainda sentenciou: “governo passa, as pessoas ficam”.

Fechamento é mais vantajoso – Representando o Movimento essa Conquista é Nossa, o esportista e radialista Júnior Patente apresentou um estudo sobre vantagens para manter o fechamento da Avenida Olívia Flores nos domingos e feriados. Ele lembrou que o primeiro fechamento da avenida para prática esportiva aconteceu em 2016: “Daí em diante só fomos perdendo espaço. Em abril de 2018 tivemos a redução de 200 metros do percurso original, em julho de 2018, com a inauguração da Avenida Perimetral, perdemos mais 850 metros”. 

Patente citou diversas cidades no mundo e no Brasil que possuem a prática de fechar avenidas e ruas para que famílias e esportistas as possam utilizar como espaço de lazer. Segundo ele, o movimento fez uma pesquisa e foi detectada que apenas 0,24% de carros passam pela avenida J. Pedral nos dias em que ocorrem o fechamento. “Quem sai da Av. Gilenilda Alves para a Olivia Flores, passando pela Av. Luiz Eduardo Magalhães, percorre apenas 500 metros a mais do que quem usa a Av. J. Pedral”, contou.

Alteração é um retrocesso – Bruno Gusmão Menezes (Bike) afirmou que esse impasse é uma volta no tempo. Ele lembrou que houve muito esforço para que a Olívia fosse fechada aos domingos. Bruno frisou que é uma luta também dos ciclistas conquistenses, categoria que tem pouco espaço. Segundo Bruno, em 2016 a decisão de fechar um trecho da via foi uma vitória, que agora sofre um retrocesso. A mudança no trecho que era fechado também foi criticada. Para ele, não é adequado. Bruno pediu a manutenção do fechamento e a criação de outros espaços para a prática de esporte.    

Perda de espaço dificulta uso da via – Larissa Santos, representando os patinadores, defendeu a volta do fechamento de toda a Av. Olívia Flores lembrando que o espaço destinado atualmente dificulta a prática do esporte. Ela contou um pouco sobre o trabalho dos patinadores e pediu mais apoio do poder público para segurança dos esportistas.

Olívia já se tornou referência para o esporte – Para Fábio Oliveira voltar a esse tema é triste. Ele lembrou que a prática de corrida tem se tornado frequente no município, ganhando cada vez mais adeptos. Oliveira frisou que, com a decisão de 2016, não havia necessidade de retornar a esse debate. Para ele, a modificação de agora é ruim e o espaço que sobrou é inadequado. Segundo Bruno, a Olívia já se tornou um espaço cativo para a prática de esportes, outra justificativa contra a mudança feita pela prefeitura.   

Shopping defende o diálogo – O Superintendente do Shopping Boulevard, Éber Paim, explicou que não há nenhuma interferência do estabelecimento na questão da redução do espaço fechado. “O shopping deixou de ser só um centro de compras, hoje tem cultura, entretenimento, vários eventos”, contou. Éber disse ainda que a posição do shopping é de que ocorra sempre o diálogo. “Hoje, antes de vir estive com Marcelo, batemos um papo. Ligamos para Jackson [Yoshiura] (secretário de Mobilidade Urbana). Ele nos atendeu muito bem. Me falou que tem avaliado outras possibilidades” e colocou a estrutura e as vias do shopping à disposição.

Avenida se tornou espaço de integração – Aline Godinho, representou as famílias que frequentam a avenida aos domingos. Ela falou que são muitas e que responsáveis acompanham crianças por toda a extensão da parte fechada da avenida. Ela frisou que o espaço se tornou um importante local de integração familiar. “São famílias que estão ali”, disse.

Fechamento não atrapalha – André Nogueira, empresário na Olívia Flores, lembrou do momento em que recebeu a notícia, do então prefeito Guilherme Menezes, de que a via seria fechada nas manhãs de domingo e feriados. “Por três anos fizemos corridas, depois disso outras pessoas deram seguimento, promovendo o esporte na cidade, no início achei que aos poucos seria ampliado para toda avenida. Mas fomos surpreendidos com a diminuição”, lamentou. Ele afirmou que o esporte não atrapalha, “é apenas uma vez por semana”. E contou que, como membro do Conselho de Turismo, levará para a próxima reunião a discussão.

O momento é para retomar o diálogo – Patrícia Musse afirmou que o fechamento da Olívia tem uma aprovação expressiva. Ela afirmou que o prefeito Herzem Gusmão a procurou para conversar sobre a situação e acredita que nesse momento é preciso retomar o diálogo. Musse falou da importância do esporte para a saúde, física e emocional, e afirmou que espera que o município seja contemplado com espaços próprios para a prática de esporte. Ela ainda frisou que está disposta a apoiar causas semelhantes como a revitalização da Lagoa das Bateias. Em fala, agradeceu o apoio da Câmara, especialmente do vereador Professor Cori, que propôs a audiência. 

Em Tribuna Livre, usuários defendem a manutenção do fechamento da Olívia

Lei deve garantir acesso à avenida – Flávio Farias criticou a decisão discricionária do prefeito em modificar o trecho que era fechado. Ele propôs um projeto de lei chamado “Espaço Conquista” e entregou um esboço ao vereador Cori. Para Flávio, é uma forma de garantir, por meio de lei, o direito dos cidadãos à avenida. 

Avenida pode oferecer alternativas – Marcelo Moreira defendeu o fechamento de um outro trecho, próximo à Justiça Federal. Para ele, é uma forma de resolver o impasse, oferecendo conforto e segurança a quem usa esse trecho aos domingos.  

Falta bom senso – O ex-vereador Ricardo Babão declarou que falta bom senso ao prefeito. Ele afirmou que não entende a decisão do gestor em alterar o fechamento da via. Para Babão, a saída é um aprovar uma lei que garanta o espaço conquistado. 

A quem interessa o fim do fechamento da Olívia – Clóvis Piau começou seu pronunciamento questionando “a quem interessa fechar a Av. Olívia Flores? Estão tirando a Olívia da gente”. Ele falou que diversas avenidas famosas do país estão sendo fechadas para prática esportiva. Ele citou o caso do Rio de Janeiro, onde um trecho do Aterro do Flamengo até o Leblon é fechado. “Conquista não pode fechar um trecho de 3 km?”, detalhou. Para Piau, o fim do fechamento interessa aos donos de construtoras, quem vende terreno, administradores de condomínios e não as famílias, esportistas e pessoas que frequentam o local. “Quando participamos de corrida, levamos o nome da cidade”, falou e cobrou do Legislativo um posicionamento a favor da população.



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Setembro 2019
9

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30