Imagem TRIBUNA LIVRE: Produtores rurais pedem mais atenção para o homem do campo

TRIBUNA LIVRE: Produtores rurais pedem mais atenção para o homem do campo

Câmara de Vitória da ConquistaSessão EspecialTribuna LivreNotícia

22/05/2019 10:40:00


Críticas a reforma da previdência - Na Sessão Especial desta quarta-feira, 22, o líder comunitário Edmilson de Jesus [Benício], da Fazenda Santa Marta, usou a tribuna livre para pedir mais atenção do poder público para com o homem do campo e criticar a atual conjuntura política nacional que quer tirar direito do trabalhador do campo através da Reforma da Previdência: “O que seria das cidades do Brasil e do Mundo sem o trabalho do homem do campo?”

Ainda criticando a proposta do governo federal de Reforma da Previdência, o líder comunitário afirmou que com 70 anos, nenhum homem e nenhuma mulher do campo têm condições de trabalhar na zona rural.

Por fim, parabenizou a vereadora Nildma Ribeiro (PCdoB) pela oportunidade de valorizar o trabalho do homem do campo que é quem coloca a comida na mesa da população conquistense, e afirmou estar orgulhoso de participar da comemoração de um dia especial como o do Trabalhador Rural, na Câmara de Vereadores.

“Queremos a permanência das escolas rurais” - Nilton Ferreira Lima – presidente da Associação do Assentamento Lagoa Nova do Juazeiro e representante da Escola Cassimiro de Abreu - falou da sua alegria em participar pela primeira vez de uma sessão com um tema tão importante. Segundo ele, foi feita uma mobilização na sua região, por conta da ameaça de fechamento da escola que possui cerca de 200 alunos. “Nós tememos a dificuldade de deslocamento desses alunos para o Iguá, onde muitos pais já estão tirando os filhos de lá porque não estão satisfeitos, por isso queremos a permanência das escolas na zona rural. Estamos defendendo os direitos dos estudantes, dos professores e dos trabalhadores, que são pais de família e não querem ver seus filhos sem estudar por conta do fechamento das escolas, em vez de nossa cidade progredir parece que está descendo ladeira abaixo”, disse, acrescentando que existe uma verba de R$ 80 mil para reforma da escola e que em vez disso, o governo municipal quer fechar a unidade. 

Poder Público ausente da vida do agricultor familiar - Também utilizou a plenária, o senhor Rosevaldo Gama, do Povoado Lagoa de Francisco das Chagas. Ele disse que a alegria do homem do campo tem sido a chuva, pois do governo só tem chegado tristeza. “A alegria hoje do homem do campo  foi a chuva que caiu. Do governo, hoje, é só tristeza. As pessoas da zona rural hoje não têm expectativa”, apontou ele. O cidadão questionou a ausência do Secretário Municipal de Agricultura e Desenvolvimento Rural, o vereador licenciado Gilmar Ferraz, à sessão. “Será que ele não foi convidado?”, questionou ele.



Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Setembro 2019
9

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30