Imagem Vereadores debatem sobre combate a discriminação racial

Vereadores debatem sobre combate a discriminação racial

Câmara de Vitória da ConquistaSessão SoleneNotíciaJorge BezerraSidney OliveiraCicero CustódioDanillo Kiribamba

21/11/2018 15:23:00


A Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC) realizou nessa quarta-feira(24) Sessão Solene em celebração ao Dia da Consciência Negra, comemorado no último dia 20. Representantes e militantes do movimento negro do município compareceram ao evento, que debateu o combate a discriminação racial e religiosa. 

O vereador Jorge Bezerra (SD) afirmou que é inadmissível que ainda exista discriminação racial. “Não podemos aceitar isso, de maneira nenhuma”. Ele falou que as pessoas precisam aprender a amar o próximo. O parlamentar parabenizou os capoeiristas que, segundo ele, fazem parte da consciência negra. Bezerra frisou que o número de homicídios aumentou no município. Ele ressaltou que a periferia é quem mais sofre, especialmente jovens pobres e negros. O vereador pediu ações de combate à criminalidade e também projetos de prevenção, como escolinhas de capoeira, citadas durante a sessão. 

O vereador Danillo Kiribamba (PCdoB) falou da importância de construirmos um mundo melhor. Para o parlamentar, é preciso que tenhamos mais amor e respeito por todos. “A gente tem que ter um mundo melhor, um mundo de amor. Não é raça, religião, classe social que determina a inferioridade de uma pessoa. Está no coração, está no pensamento. A gente tem que respeitar”, disse ele.“O que vai salvar a gente não é a placa da igreja ou do terreiro, o que vai salvar a gente está dentro do nosso coração”, completou.

O vereador Sidney Oliveira (PRB) parabenizou todos os presentes pela realização da audiência e se posicionou contra qualquer tipo de discriminação racial e religiosa. “Acredito que temos que fazer mais políticas públicas voltadas para esse assunto”, disse. “Todos os projetos em prol do combate discriminação racial terão o meu apoio”, completou. “Sou pastor, e é claro que sabemos que alma, amor, carinho e educação não tem cor”, afirmou. 

O vereador Cícero Custódio (PSL) afirmou que já foi vítima de preconceito racial e também pela sua condição de deficiente. Ele ainda relatou que “aqui nessa Casa eu sou discriminado”. Segundo Cícero, as situações aconteceram na legislação passada. Para o parlamentar, a consciência negra e o combate ao racismo devem ser debatidos o ano inteiro. Ele citou sua trajetória pessoal e afirmou que venceu o racismo com perseverança, atuando na área de saúde e driblando os preconceito por onde passou. 




Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Maio 2019
19

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31