Imagem  Nildma comenta condenação de autor de feminicídio e estimula vítimas e testemunhas a denunciar violência contra a mulher

Nildma comenta condenação de autor de feminicídio e estimula vítimas e testemunhas a denunciar violência contra a mulher


Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, na manhã desta sexta-feira, 24, a vereadora Nildma Ribeiro (PCdoB) informou que no dia 22 deste mês Gildarte Mendes foi condenado a 14 anos de reclusão em regime fechado por homicídio qualificado, violência doméstica e crime de feminicídio contra a sua companheira, Joilma de Jesus Neves, de 40 anos.

Nildma contou que ao praticar o crime, utilizando uma marreta, Gildarte destruiu uma família. “Foi uma família toda destruída. Ela convivia com essa pessoa a 8 anos”, contou a parlamentar.

Nildma estimulou as mulheres vítimas de violência doméstica que procurem a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher e disse que pessoas que presenciam violência contra a mulher também devem realizar as denúncias.

Utilidade pública:
A Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência - Ligue 180 – é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial (preserva o anonimato), oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde 2005.

O Ligue 180 tem por objetivo receber denúncias de violência, reclamações sobre os serviços da rede de atendimento à mulher e de orientar as mulheres sobre seus direitos e sobre a legislação vigente, encaminhando-as para outros serviços quando necessário.

A Central funciona 24 horas, todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados, e pode ser acionada de qualquer lugar do Brasil e de mais 16 países (Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela). Desde março de 2014, o Ligue 180 atua como disque-denúncia, com capacidade de envio de denúncias para a Segurança Pública com cópia para o Ministério Público de cada estado. Para isso, conta com o apoio financeiro do Programa ‘Mulher, Viver sem Violência’.

Ele é a porta principal de acesso aos serviços que integram a Rede nacional de enfrentamento à violência contra a mulher, sob amparo da Lei Maria da Penha, e base de dados privilegiada para a formulação das políticas do governo federal nessa área.
No Brasil, ligue para a Central de Atendimento à Mulher: telefone 180.



Rádio Câmara
Facebook
Calendário

Setembro 2018
9

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30