Imagem Valdemir Dias fala sobre a falta de equipamento na Deserg e a desvalorização do servidor municipal

Valdemir Dias fala sobre a falta de equipamento na Deserg e a desvalorização do servidor municipal


Na sessão ordinária desta quarta-feira, 13, da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), o vereador Valdemir Dias (PT) falou sobre a situação da Central de Equipamentos da Prefeitura Municipal (Deserg) e das condições de trabalho dos servidores do órgão. Valdemir apresentou também um relato de um funcionário municipal sobre a desvalorização do servidor público no governo Herzem Gusmão. 

Valdemir conta que em visita da ao Deserg pode verificar a falta de equipamento, materiais e utensílios apropriados para a segurança dos funcionários. “É uma situação que nos preocupa bastante. Os funcionários estão reciclando material porque até hoje não saiu a licitação para compra de materiais novos”, disse.  Segundo o vereador, os funcionários relataram também que o fardamento e botas de segurança foram compradas em 2014, e até hoje não foi resposto. 

Veículos parados – O edil contou também que há um grande número de veículos parados no Deserg por falta de manutenção, entre eles ambulâncias, ônibus escolares e tratores. “Tem trator que precisa de reparo que custa R$30,00. Veículos novos que para concertar custam R$300,00, R$1.500, 000.  Ele alerta que enquanto esses veículos estão parados, o município fica carente de serviços, e a prefeitura está contratando empresas privatizadas para fazê-los. 

Desvalorização do servidor municipal – Na oportunidade, Valdemir leu o relato de um servidor municipal, que preferiu não se identificar, que entristecido fala como as ações do governo Herzem Gusmão vem atingindo a classe. Abaixo, o relato na íntegra: 

“Sou servidor do município de Conquista há 10 anos, durante esse tempo nunca presenciei servidor protestar para receber suas horas extras trabalhadas, servidor protestar para receber seu terço de férias, servidores reunidos na praça da prefeitura fazendo orações para receber seus direitos como estou presenciando nesses últimos meses.

Hoje minha remuneração estar menor que há cinco anos atrás porque a atual administração não me valoriza. Nas gestões passadas os servidores da base da pirâmide poderiam sonhar, planejar e colocar em pratica o sonho de fazer uma graduação à distância, a reforma de sua casa, financiamento de um carro, de uma moto, poderia planejar uma viajem com a família dentre outros sonhos.

Hoje o que tenho presenciado é servidor devolvendo o carro a moto para a concessionária, cancelando viagem programada, devendo à banco, agiota, cartões de credito porque viu sua remuneração ser reduzida em alguns casos pela metade.

Tenho presenciado servidores estressados, deprimidos, desmotivados, muitos outros pedindo licença não remunerada para procurar uma outra atividade que lhe proporcione uma melhor qualidade de vida.

Eu votei nessa atual gestão porque acreditei no gestor quando ele dizia em campanha que iria valorizar o servidor, fui enganado por ele porque o que vejo hoje é a total desvalorização do trabalhador. 

Tive que adiar a realização dos meus sonhos porque o que recebo hoje de salário só da para comer e ainda agradeço a Deus porque tenho colegas servidores que estão passando por situação pior.
Já estamos no meio do mês de junho e o prefeito não fala no assunto do aumento salarial do servidor. 
Que Deus tenha misericórdia de nós servidores porque não temos perspectiva de melhora nos próximos anos.

Moral da história: eu era feliz e não sabia”

Confira o pronunciamento do vereador:



Rádio Câmara
Facebook
Calendário

Agosto 2018
22

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31