Imagem Câmara entregará Título de Cidadão Conquistense ao deputado federal Daniel Almeida

Câmara entregará Título de Cidadão Conquistense ao deputado federal Daniel Almeida


A Câmara Municipal de Vitória da Conquista entregará no próximo sábado, 7, o Título de Cidadão Conquistense ao deputado federal Daniel Almeida (PCdoB). A homenagem foi proposta pelo vereador Danillo Kiribamba (PCdoB), Projeto de Decreto Legislativo nº 30/2017, e aprovada pela Casa. O Título de Cidadão Conquistense é uma honraria prestada pelo Legislativo e tem a finalidade de reconhecer a relevância de pessoas que contribuem para o desenvolvimento do município. A entrega do título ao deputado está marcada para sábado, 7, às 16h, no Espaço de Eventos da Churrascaria e Pizzaria Vitória, na Avenida Frei Benjamim.

BIOGRAFIA

O deputado federal Daniel Almeida iniciou sua militância política em 1979, na antiga Escola Técnica da Bahia, hoje IFBA. Foi presidente do Sinditextil, de 1983 a 1988, e da CUT Metropolitana, entre 1990 e 1992, liderando importantes greves operárias no CIA e apoiando movimentos dos trabalhadores em Camaçari e outras concentrações industriais da Região Metropolitana de Salvador. Daniel foi vereador de Salvador pelo PCdoB por quatro mandatos e em 1998 se candidatou ao Senado. Como presidente da Comissão de Defesa dos Direitos do Cidadão da Câmara de Salvador deflagrou a campanha contra o cartel dos combustíveis e buscou o Ministério Público contra a Taxa de Iluminação Pública.

Em 2002 Daniel foi eleito deputado federal para o primeiro mandato com mais de 95 mil votos. Nas eleições de 2010 foi o deputado federal mais votado do PCdoB na Bahia, reeleito com 135.817 mil votos. Nas eleições de 2014 mais uma vez foi campeão nas urnas, atingindo a marca de 135.382 mil votos. Líder do PCdoB duas vezes (2009 e 2016) na Câmara Federal, Daniel Almeida tem se destacado no Congresso Nacional. No quarto mandato como deputado federal é um dos parlamentares mais atuantes em Brasília, indicado por sete vezes consecutivas pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), como um dos "Cabeças do Congresso".

Em Brasília, denunciou o Copes/Data Certa e luta pela regulamentação da profissão dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias. Participou das comissões que discutiram a valorização do Salário Mínimo, a Reforma Sindical e o Código Brasileiro dos Combustíveis. Propôs a CPI para investigar a privatização das teles e os aumentos abusivos das tarifas, foi um dos membros da CPMI que investigou a compra de votos e participa das comissões de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Minorias, de Direitos Humanos e a do Trabalho, Administração e Serviço Público.

Participa das frentes parlamentares de Combate à Pirataria, Educação Profissionalizante, Defesa da Igualdade Racial, do Estatuto de Acessibilidade e de Defesa da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, da Caixa Econômica Federal, da Educação Profissional e Tecnológica, entre outras. É de sua autoria a Lei que criou o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa - comemorado em 21 de janeiro, da proposta de redução da Jornada de Trabalho, em tramitação na Câmara, além de outros projetos de interesse social.

Daniel Almeida presidiu o Partido Comunista do Brasil na Bahia de 1999 a 2001, voltou a dirigir a sigla em 2007 até 2009 e foi reeleito em todas as conferências estaduais do Partido até 2015. Atualmente ele faz parte da direção estadual e nacional da sigla.



Rádio Câmara
Facebook
Calendário

Julho 2018
7

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31