Imagem TRIBUNA LIVRE: Moradores solicitam escrituras de casas no Vila Serrana

TRIBUNA LIVRE: Moradores solicitam escrituras de casas no Vila Serrana

Câmara de Vitória da ConquistaSessão OrdináriaTribuna Livre

23/02/2018 09:30:00


Na sessão ordinária desta sexta-feira, 23, da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, a Assomvil - Associação dos Moradores da Vila Serrana fez uso da tribuna livre para apresentar as principais demandas do bairro, entres elas, a regularização fundiária.

Robson Santos, presidente da associação, solicita ao governo do estado a liberação das escrituras das residências do bairro. Ele fez uma breve retrospectiva do processo de ocupação das casas que estavam abandonadas, e a ação, segundo o mesmo, truculenta da Caixa Econômica, em 2005, que levou as casas a leilão. Segundo o presidente da associação, o leilão foi impedido, na ocasião, pelo então governo do estado.

A associação pede que os vereadores líderes do governo do estado articulem uma reunião com o governador para pedir celeridade na liberação das escrituras. “Pedimos que o governo estadual se sensibilize com a nossa situação”, pediu.

Segurança – A associação solicita também a construção de um posto policial. “O bairro cresceu, hoje é valorizado, mas precisamos de mais segurança pública”, conta. Robson afirma que foi realizado uma abaixo-assinado com 1.800 assinaturas reiterando esta solicitação.

Transporte coletivo – Outro relato de dificuldades do bairro diz respeito ao transporte coletivo. Segundo Robson, devido a presença do transporte alternativo (vans), o número de ônibus circular no bairro está diminuindo. “Muitos moradores do Vila Serrana dependem do vale transporte, não temos como pegar as vans”, conta.


Vereadores se comprometem com as solicitações 

 A vereadora Lúcia Rocha (DEM) explicou que vem acompanhando essa situação desde 2005, quando recebeu moradores das Vila Serrana II, que relataram o problema. A parlamentar ressaltou que, mesmo com um curto espaço de tempo, conseguiu auxiliar os moradores que sofriam com a ameaça de despejo, já que haveria um leilão dos imóveis. Ela explicou que buscou auxílio do então senador Antônio Carlos Magalhães e conseguiu interromper o leilão. Lúcia propôs a formação de uma comissão de três vereadores, ela e mais dois, para buscar a solução desse problema junto ao governo estadual.


O líder da Bancada de Oposição, Valdemir Dias (PT), comentou o tema da Tribuna Livre destacando que esta luta é por moradia. “Nesse sentido nós, enquanto Bancada de Oposição e como Bancada de sustentação do Governador Rui Costa, não vamos ficar alheios a isso. Conte com a nossa bancada. Rui já está trabalhando pela regularização fundiária do nosso município. A questão da Vila serrana já foi iniciada”, disse ele convidando os moradores da Vila Serrana a formarem uma comissão para, junto com a Bancada de Oposição, realizar uma audiência com o Governador do Estado sobre o assunto.





Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2019
5

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30