Imagem Cori volta a criticar a situação do transporte público: “Não dá mais para essa Casa aceitar o que está acontecendo”

Cori volta a criticar a situação do transporte público: “Não dá mais para essa Casa aceitar o que está acontecendo”

Câmara de Vitória da ConquistaSessão Ordinária

21/02/2018 10:50:00


Na sessão ordinária dessa quarta, 21, o vereador Professor Cori (PT) voltou a criticar duramente a situação da Viação Vitória. Ele afirmou que o sistema de transporte precisa de medidas administrativas urgentes “com o objetivo de garantir à população os seus direitos de um transporte de qualidade que ofereça segurança a todos os usuários”. Segundo Cori, a Vitória “está sendo um fardo muito pesado para a população de Vitória da Conquista”. Ele lembrou que, em plenário, apresentou documentos que demonstram que a empresa já deve R$ 79 milhões ao Município, além dos veículos que estão circulando sem condições técnicas.

Cori ainda advertiu que é necessário garantir os direitos trabalhistas dos funcionários da empresa. “Ela promove atrasos no pagamento dos seus funcionários. Ela retira FGTS dos salários dos funcionários e não deposita na conta do governo federal, assim como da Previdência. Retira a contribuição sindical, eu tive essa informação, e não repassa para o sindicato. Isso é o quê? Apropriação indébita”, denunciou.

Em sua fala, o parlamentar relatou que os veículos da empresa quebram constantemente, ela já não tem capacidade de abastecimento da frota e agora nem mesmo para operar as linhas que estão previstas no contrato. Cori ressaltou que a população não pode pagar duplamente pelo problema: oferta de um serviço deficiente e prejuízos para os funcionários que tem os direitos trabalhistas desrespeitados. “Temos que dar uma basta a isso”, afirmou. O parlamentar foi assertivo: “Não dá mais para essa Casa aceitar o que está acontecendo em nosso município. O sistema caminha para a falência”.

Para ele, é acertada a medida anunciada pela Prefeitura Municipal de convocar a Cidade Verde a assumir as linhas desassistidas pela Vitória. Mas, advertiu: “As linhas de ônibus não pertencem à Viação Vitória nem à Cidade Verde. Pertencem ao município”. Professor Cori conclamou o prefeito, Herzem Gusmão, a cumprir as determinações contratuais e resolver o problema, pois tem respaldo legal para isso.  

Confira o discurso do vereador:





Rádio Web Câmara
Facebook
Calendário

Novembro 2019
5

Seg

Ter

Qua

Qui

Sex

Sab

Dom

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30